sexta-feira, 16 de janeiro de 2015

REVELAÇÃO BOMBA Silval mandou Eder Moraes atrasar obras da Arena Pantanal e VLT


Em vídeo, o ex-secretário da Copa do Mundo revela que recebeu ordens para atrasar as obras. Disse também que receberia propina




Hiper notícias

MAX AGUIAR

O ex-secretário de Estado de Fazenda e Copa do Mundo, Eder Moraes, revelou em depoimento prestado ao Ministério Público do Estado (MPE), em 2014, que o ex-governador do Estado, Silval Barbosa (PMDB) lhe ofereceu duas propinas de R$ 5 milhões para dar celeridade nos processos de contratação da Arena Pantanal e do Veículo Leve Sobre Trilhos (VLT), logo após o governador ordenou que houvesse atraso nas obras.

A admissão aparece em mais um vídeo publicado pelo site MidiaNews. Lá, Eder diz ao Promotor de Justiça Roberto Turim que o dinheiro foi oferecido, mas nada foi repassado.

"Foi prometido pelo Governo do Estado, para mim, R$ 5 milhões da Arena e R$ 5 milhões do VLT. Queriam agilidade no processo. Eu não recebi um centavo, não me passaram nada. Só fiquei na...”, revelou Eder.

A revelação do ex-secretário, que causa mais estranheza, é fato de o então governador, Silval Barbosa, ter recomendado a Eder Moraes a desaceleração das obras, o que de fato teria acontecido.

Em diversas entrevistas no ano de 2012, Eder chegou a dizer que o estádio ficaria pronto em 2013 para ser palco da Copa das Confederações.

Mas, a pedido de Silval Barbosa as obras foram desaceleradas e o Estado não recebeu o evento.

 Segundo Eder, a explicação de Silval seria a de que a Arena não poderia ficar "abandonada" antes da Copa do Mundo.

““Ele me chamou e disse: para! Essa aceleração que você esta dando na Arena vai me f... Ficar com um trem desse tamanho cheio de bosta de pombo um ano antes da Copa do Mundo. Manutenção caríssima e tudo f... com o Estado. Logo depois eu saí”, confirmou Eder.

ARENA PANTANAL
O governo de Mato Grosso, por meio da extinta Secopa, gastou R$ 628 milhões pela obra do estádio. A Arena foi inaugurada em 2 de abril de 2014, com o jogo Santos e Mixto, pela Copa do Brasil. Até o final do ano passado, 24 partidas foram realizadas no local.



  








Visite a pagina do MCCE-MT